As conservas

Todos os anos fazemos vários tipos de conservas, doces e salgadas.

As conservas salgadas ainda estão em fase de aprendizagem. As tomatadas já são habituais e saem muito bem. Podem ser brancas, amarelas, verdes ou vermelhas. Depois há os pickles, vinagres e azeites aromatizados, tomate seco, etc. Mas aqui ainda temos muito a melhorar.

Conservas doces, temos as compotas e geleias. A variedade depende da frutas que temos disponíveis.

Sempre presentes, estão o tomate, o pêssego e a ameixa. Menos frequente,  a maçã e a laranja. Menciono apenas os frutos diponíveis no Jardim de Lomar. O marmelo, por exemplo, tem que vir de fora, porque ainda não temos um marmeleiro.

Temos sempre o cuidade de rotular as conservas, indicando apenas a fruta, o ano e a origem. Por vezes distinguimos o tipo de doce: compota ou geleia.

Todos os anos criamos rótulos novos. Começaram por ser manuscritos, depois introduzimos a impressora. Em 2009 fizemos dois tipos diferentes.

Este ano alteramos completamente os rótulos. Acho que estão mais bonitos.

Parecem que estão a chegar do Saara!

Sobre lubaia

I'm an Agile player and a Gardener
Esta entrada foi publicada em Conservas com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s